sábado, 31 de dezembro de 2016

Adeus 2016

2016 foi o meu ano.
O ano em que fui mãe. Em que realizei o meu sonho.
Sim, ser mãe era o meu sonho. Sonho muito pouco ambicioso, podem dizer alguns, mas grande para mim.
É difícil ser mãe. Há dias em que é extenuante, desesperante e assustador, mas feitas as contas, no final é maravilhoso.
2017 vai ser ainda melhor. Pelo menos assim espero. E acho que temos mesmo que iniciar o ano com o pensamento positivo, grandioso e motivado. Vai haver desilusões, vai haver chatices, momentos desanimadores, mas pelo menos hoje, no virar do ano, vamos pensar em grande. Vamos pedir muitos desejos, saltar para cima das cadeiras, bater com os tachos, brindar com champanhe, comer passar e rir, rir muito.
Mal posso esperar por 2017, pelo meu casamento, pelo batizado da minha filhota M. e por tudo aquilo que aí vem. Que venha e que sejamos todos muito felizes.

Bom ano 2017!!


1 comentário:

  1. É como eu penso, 2016 foi um ano esgotante e cansativo, mas foi o ano em que nasceu o meu bebé :-) e só por isso foi o ANO!
    Parabéns pelo bebé e agora pelo casamento e batizado :-)

    ResponderEliminar

Nem tudo é mau

No último post falei que a minha pestinha é uma bebé dificil e que ás vezes apetece-me fugir. Mas nem tudo é mau. Há uma coisa que a mi...