segunda-feira, 9 de janeiro de 2017

Mimos para a mamã

Sou adepta de ginásio há muito tempo.
Antes de ser mãe era muito fácil treinar, tinha todo o tempo do mundo para mim e para os meus mimos. 
Quando engravidei tentei manter o mesmo ritmo,mas tive muitas contrações cedo e era melhor prevenir, logo tive que parar e deixei temporariamente o ginásio. 
Quando a M. nasceu, e depois de ter autorização da médica para retomar o exercício, voltei ao ginásio. Custou muito, estava em baixo de forma e para além disso sentia um remorso gigante de deixar a minha bebé tão pequena com a avó para ir treinar. Era apenas 1h/1h30 no máximo por dia, mas sentia-me culpada. Achava que era uma futilidade trocar o tempo com a minha filha para ter tempo para mim. Apesar disso, e também com a motivação do R. fui e comecei a treinar com uma PT. Foi duro, foi extenuante, foi horrível até, mas valeu a pena. Não vou dizer que voltei à forma que tinha antes de engravidar, mas estava quase lá.
Passado dois meses desisti da PT porque achava que já conseguia sozinha.
E consegui, mas as idas ao ginásio começaram a ser mais raras de novo. 
O mês de Novembro e Dezembro nem lá pus os pés!!
Hoje foi o dia de voltar. E estou cheia de vontade e motivação de novo. Espero que a minha veia de atleta de antigamente se mantenha, porque preciso mesmo de estar em forma para o casamento/batizado, mas não só. Preciso de me sentir em forma para mim. Para ser melhor mulher, para ser melhor mãe. 

5 comentários:

  1. Eu confesso que não sou nada de fazer exercício!


    Isabel Sá
    Brilhos da Moda

    ResponderEliminar
  2. Fazes muito bem, não tens de te sentir culpada por teres a necessidade de tratar de ti (ainda por cima de uma forma tão saudável!) :)

    ResponderEliminar

Músicas

Como se escolhe músicas para um casamento civil quando a  noiva gosta de Rock e o noivo Musica Electrónica? Que 31 vai por aqui. Ainda ...