segunda-feira, 27 de fevereiro de 2017

Dos Oscars

Bem, não vale a pena comentar a barracada que aquilo foi. 
Achei esta edição fraquinha e muito morna, portanto até foi bom ter acontecido um momento diferente para por a malta toda a falar do assunto.
E mornos estavam também os looks, pelo menos para mim. Não vi por lá nenhum vestidinho assim todo fashion que me faça sonhar em ter um igualzinho.
Aliás para mim a melhor foi a nossa Carolina. Estava linda, elegante e representou muito bem a beleza portuguesa.
Ora toma lá Hollywood, põe os olhos:






Maravilha gastronómica

Gosto de coisas simples. E boas. 
E se há coisa simples, mas boa, muito boa, deliciosa e apetitosa é a tosta de frango do Zázá.
E fico feliz.
Simples assim.





Zázá Menu, Reviews, Photos, Location and Info - Zomato

domingo, 26 de fevereiro de 2017

sábado, 25 de fevereiro de 2017

Os primeiros passos com a chicco

A M. já está com 9 meses e adora estar de pé.
Tendo em conta que daqui a nada vai estar a caminhar, é importante que calce uns bons sapatos, de forma a apoiar o pé adequadamente no chão e sustentar o calcanhar. 
Na hora de comprar calçado de qualidade, optei pela Chicco claro. As coisas aqui são caras é verdade, mas são de qualidade, e nestas coisas de pezinhos prefiro jogar pelo seguro e investir. 
Uns bons sapatos podem fazer muito pelo desenvolvimento da criança e é importante que se sintam seguros durante a aventura dos primeiros passos. Eles e nós pais. 
Escolhemos estes: 




Parece que gostou :)



Bem, agora vamos dar corda ás sapatilhas ;) e dar um passeio



Bom fim de semana.


sexta-feira, 24 de fevereiro de 2017

9 Meses

Nove meses do meu amor maior.
Já estás tão crescida. Gatinhas muito bem já, mas adoras mesmo é estar em pé. Acho que vais começar a caminhar em breve e por isso preciso de te comprar uns sapatos bons para que te apoies bem no chão.
Adoras comer. Tudo! E nunca te fazes difícil. Que bom. Temos muita sorte. Há bebés que não comem bem sabes? A tua fruta preferida é manga. Comes sempre com tanta satisfação, que é um gosto ver-te toda consolada, mas não há nada que gostes mais do que iogurtes. Não podes sequer ver a embalagem que começas logo a chorar até que alguém to dê. Se te desse três seguidos, comias os três :) és tão gulosa. Mas sabes que por causa disso eu já não posso comer iogurtes perto de ti? Tenho que comer ás escondidas. Não é porque não te queira dar filhota, mas pode fazer-te mal tanto iogurte!!
Ah! Sabias que já tens cinco dentinhos? Três em cima e dois em baixo. Temos que ter cuidado contigo, porque mordes tudo o que te aparece à frente, incluindo os nossos dedos, mãos, cara, braços...és malandreca. 
És muito irrequieta, estás sempre a mexer em tudo, a olhar para tudo super curiosa a tentar absorver tudo o que vês e ouves.
Dormes muito bem de noite, mas se estiveres no quarto dos papás. Vai custar-me quando já não te tiver ao meu lado durante a noite. Claro que já nem devias lá estar, mas olha vou contar-te um segredo: a mamã gosta tanto de ter pertinho do meu colinho. Por mim ficavas ainda mais tempo, mas não digas a ninguém senão o papá e a tua pedi ralham com a mãe. Mas eles não compreendem que para mim acordar contigo é o melhor começo de dia. 
Tens contigo o melhor sorriso do mundo, o mais luminoso que abarca nele todo o calor e luz do sol, que me enche de alegria, de força, de coragem para enfrentar o mundo. 
Não sabia que era possível, mas este amor aumenta tanto, cada dia mais forte, mais inquebrável e mais puro.
Obrigada filha. Obrigada pelos melhores nove meses da minha vida.

quinta-feira, 23 de fevereiro de 2017

EV-Essência dos Vinhos

Começa hoje a Essência dos Vinhos no Palácio da Bolsa no Porto.
É  um evento a que vou todos os anos (o ano passado não fui, já estava grávida) e gosto muito. 
Primeiro porque é no lindíssimo Palácio da Bolsa. Depois porque gosto de vinho e gosto de descobrir vinhos novos que nunca provei. Além disso, temos aqui expositores que nunca ouvimos falar ou outros com vinhos deliciosos e muito caros, que provavelmente não temos oportunidade de provar com tanta facilidade.
A Essência já é para nós uma tradição e sendo assim bora lá :)
Termina no Domingo.


terça-feira, 21 de fevereiro de 2017

segunda-feira, 20 de fevereiro de 2017

Coisas que me enervam

Sou, por norma, uma pessoa cheia de paciência.
A sério. É preciso muito para me enervarem e chatearem. Normalmente até sou meiguinha e passiva demais. Como e calo e não sei mesmo dizer que não. 
Agora que sou mãe o meu nível de paciência e calmaria aumentou. Que remédio tenho eu. Há imensa coisa que antigamente me punha de pirolitos no ar e agora olho para o lado e assobio. (Ter a casa cheia de brinquedos no chão e completamente desarrumada por exemplo!). 
Mas não gosto nada, mesmo nada nada nada que me digam isto:

Ah. Mas tu dás demasiado colo à tua filha. Não vês que assim fica mal habituada? Dás-lhe demasiado mimo. Vai crescer muito mimada!! Ela está demasiado apegada a ti. Quando ela for para uma creche não ser como vai ser. Tens que ser mais independente e não dar tanta atenção à menina!!

Mas quê?? Não é suposto eu dar mimo à minha filha? Não é suposto dar-lhe colo? Se não estiver muito apegada a mim vai estar a quem? (Tirando ao pai e outros familiares mais diretos claro)
Dou sim, mimos, beijos, abraços, colo, esborracho-a toda contra mim sempre que posso. 
Eu gosto, ela adora, há-de lhe fazer mal porquê? Daqui a uns anos vou querer dar-lhe mimos e beijos e abraços e ela vai é mandar-me dar uma curva ao bilhar grande. Deixem-me aproveitar enquanto ela deixa!!



domingo, 19 de fevereiro de 2017

Bolo de ananás

Ontem foi dia de fazer um bolinho, desta vez de ananás, para satisfazer os desejos do noivo que anda com saudades de comer uma fatia deste bolo.
É uma receita muito fácil e que agrada a todos. Mesmo! 
Eu gosto mais de fazê-lo durante o tempo mais quente, até porque ele me sabe melhor fresquinho, mas bolo é bolo e cai sempre bem em qualquer altura. (Pelo menos a mim :))

Vamos lá à receita:

Bater bem 5 ovos com duas chávenas de açúcar (eu gosto sempre se cortar aqui um bocadinho, mas fica sempre ao critério de cada um). Com o bater bem digo bater durante uns 12 ou 15 minutos, para o bolo ficar mesmo fofinho, ao estilo de pão de ló.
Depois juntar duas chávenas de farinha com fermento e bater bem até estar bem dissolvida na mistura.

Forrar uma forma redonda com manteiga e açúcar e colocar as rodelas de ananás em calda.
Colocar a massa por cima e levar ao forno pré-aquecido a 180º mais ou menos 30 minutos (depende sempre do forno de cada um) ou até espetar um palito e este sair seco.

Não deitem fora a calda que vem na lata de ananás.

Eu faço o seguinte: Levo a calda ao lume com um pouquinho de água até ferver (podem adicionar uma ou duas colheres de açúcar se quiserem a calda mais doce)e quando o bolo sair do forno, ainda dentro da forma piquem-no com um palito e reguem com a calda.

Eu deixo a calda assentar no bolo mais ou menos uma hora antes de desenformar e depois coloco no frigorífico para ficar fresquinho. Fica mesmo muito bom.

Experimentem e desfrutem. 



As fotos não são grande coisa eu sei, mas confiem. O bolo fica mesmo bom :)
Bom domingo.




sábado, 18 de fevereiro de 2017

Que dizer sobre isto?

Não há muito a dizer sobre isto. Apenas que lamento tanto que isto tenha acontecido. 
Ouvi esta noticia com um misto de tristeza, incredulidade e estupefacção. 
Como explicar isto aos pais? Como superar uma coisa destas?
Há que apurar responsabilidades, esta situação não pode passar impune, nem por estes pais, nem por outros. 
Não pode haver tolerância nestas ocorrências. Estou chocada. 

sexta-feira, 17 de fevereiro de 2017

Hoje a minha melhor amiga faz anos

E não, não vou estar com ela. Ela não está cá. Está longe. Mais concretamente em Londres.
Foi mais uma que teve de fugir de Portugal em busca de mais e melhor. De trabalho, de dignidade, de esperança. Cheia de coragem está lá sozinha e eu aqui de coração apertado de saudade, revoltada todos os dias por ela não estar perto de nós, mas principalmente hoje.
Hoje a minha melhor amiga faz anos e não vai festejar com os amigos e com a família.
Sei que ela está bem. Trabalha finalmente na área que gosta e que escolheu abraçar. Sei que é forte, que tem toda a coragem do mundo com ela e vai conseguir alcançar todos os seus objetivos. 
Ela está bem. Eu é que não estou.
Claro que sou egoísta. Claro que a quero aqui comigo. Faz-me tanta falta. 
Mas o meu amor é maior.
Fica aí o tempo que for preciso minha irmã. Realiza os teus sonhos. Sê grande, sê ainda maior e sê muito feliz.
Feliz Aniversário minha Amiga.

quinta-feira, 16 de fevereiro de 2017

Disciplina positiva






Descobri este livro numa pesquisa para o meu trabalho.
Dei uma vista de olhos e fiquei curiosa.
Pelo que já li, acho uma abordagem super interessante.
A minha filha ainda é pequenina e há muita coisa nesta teoria que ainda não posso aplicar, mas penso que não faz mal nenhum ler e aprender mais um pouco.

Pelo que percebi, a Disciplina positiva centra-se numa metodologia de aplicação prática para um relacionamento mais positivo e harmonioso entre adultos e crianças.
Basicamente, educar com firmeza e rigor mas sem nunca descurar a amabilidade e o carinho na interação com os mais pequenos, encorajando-os a contribuírem para o bem estar da família.

Nem punir excessivamente, nem ser permissivo demais. Ás vezes, é difícil estabelecer esse limite e atingir o "nem 8 nem 80". A Disciplina Positiva ajuda e encontrar o meio termo.

Na minha opinião, temos que respeitar os nossos filhos, caso contrário como ensiná-los a respeitar-nos a nós?

Estou curiosa para ler o livro todo e aprender mais sobre o tema.

quarta-feira, 15 de fevereiro de 2017

O Você

Sou só eu que acho estranho tratar os nossos filhos por você?
Claro que o que importa realmente na relação entre pais e filhos não é a forma como nos dirigimos a eles, mas o respeito e o amor que existe nessa relação. 
Acontece que ontem no balneário do ginásio, uma mãe dirigia-se à filha com o você e eu estranhei. Estranhei mesmo.
Nunca tratei os meus pais por você, nem sequer os meus avós. Foram eles que não o quiseram e eu habituei-me a tratar as pessoas da minha família por tu. 
Não critico, obviamente, quem o faz, mas que me faz muita confusão faz.
Acho tão impessoal e distante. 
E vocês o que acham?

Coisas que mudam depois de sermos mães

Nunca mais ter a casa arrumada. Antes de ser mãe a minha casa estava sempre num brinco, nada fora do sítio, tudo no seu devido lugar. Agora são brinquedos por todo o lado, babetes sujas espalhadas, baba na chão e toda uma panóplia de coisas que eu sempre disse que não podia ter em casa.

Chego sempre atrasada. 
Eu que era a pontualidade em pessoa. Chegava sempre a horas. Até chegava antes. Agora atraso-me sempre. Eu tento, mas quando acho que já está tudo pronto, ou é ela que faz um cocó daqueles bem jeitosos e temos que lhe dar um banho, ou bebe o leite e suja-se toda ou me suja a mim, ou faz uma choradeira daquelas que tenho mesmo de tentar que se cale antes de sair de casa sob pena de alguém achar que eu estou a matar a minha filha.

Nunca mais vou sair de casa impecavelmente arranjada. 
Roupinha limpinha, maquilhagem perfeita, cabelo bem esticadinho, acessórios cuidadosamente escolhidos a combinar com o outfit. Lol Até me rio a escrever isto.

Ah hoje não me apetece fazer jantar. Vou sair do trabalho, vou ligar ao namorido e vamos sair. Vamos jantar fora, ir beber um copo, dançar um bocado e amanhã ficamos a dormir até tarde. Depois podemos até ir a um Brunch. Que maravilha. 
Quê?? Não fazer planos?? loool outra vez.

Ter tanto amor por uma piolha tão reguila, chata, pestinha e amorosa que acho que não cabe mais no peito,  reconhecer que não já vivo sem ela (como vivi antes?) e saber que todas as mudanças valem a pena.


terça-feira, 14 de fevereiro de 2017

E filmes?

Bem, tenho opinado muito acerca dos looks que vão aparecendo nas cerimónias de entrega de prémios de cinema, mas opiniões de filmes quase nada. 
Mas já tratei de resolver isso e atualizei-me. 
O Lion já tinha visto e até já tinha falado dele aqui. Adorei. Tocou-me muito e acho que ser uma história baseada em factos reais contribuiu muito para isso. 

Ontem consegui ver o La La Land.
Gostei. Vou ser sincera, não sou fã de musicais, adoro música, mas não consigo misturar música e cinema. Fui resistindo a ver este filme, mas confesso que a curiosidade foi mais forte do que eu. Toda a gente fala maravilhas e eu tive que ver. 
Como as minhas expectativas não eram demasiado altas posso dizer que fiquei satisfeita com o filme e até o via outra vez. Acho a Emma Stone uma fofa, pode fazer todo o tipo de filmes que eu gosto sempre, e o Ryan nem se fala claro. 
O que eu gostei mesmo foi da banda sonora. Adorei a fotografia e imagem do filme, mas parece-me demasiado exagerado todo o burburinho à volta dele e todas as nomeações e prémios que tem ganho. 



Outro que já vi foi o Fences, com o Denzel Washington e a Viola Davis. 
Este já é mais o meu género de filme. Mais intenso, que mexe realmente com os sentimentos, que nos faz querer entrar dentro do ecrã e gritar com as personagens e dar-lhes um abanão daqueles. 
Adorei o desempenho dos atores e estes sim, mereciam ganhar uns valentes prémios.



Tinha que ver o Hacksaw Ridge. 
Tenho um fascínio pela Segunda Guerra Mundial. Devoro livros sobre o tema e assisto a todos os filmes que saem acerca dela, e este não foi excepção. 
Não percebo esta minha pequena obsessão, porque todas as histórias que vejo e leio me angustiam e deixam doente, abatida e triste por saber que aquilo aconteceu, mas sinto sempre necessidade de alimentar esta doença mais um bocadinho.
As minhas expectativas não saíram defraudadas. Assiti ao filme com a mesma aflição a que assisti a todos os outros, com a diferença que esta é uma história de esperança, de amizade, de companheirismo, de coragem, de finais felizes. Ah! E também é baseado em factos reais.
Não vou contar o filme aqui, para não estragar a quem ainda não vou, mas vejam. 
Entre este e o Lion, não sei não. 






segunda-feira, 13 de fevereiro de 2017

Dia dos namorados

Nunca troquei presentes no dia dos namorados. Nunca fui jantar fora no dia dos namorados.
Atenção, não critico ninguém que o faz. Só acho que é uma data forçada para oferecer prendas e jantar fora. 
Conheço um casal que neste dia é certinho que a refeição é fora de casa e ele até lhe oferece um raminho de rosas. Depois durante o ano, é vê-la a queixar-se que ele nunca a leva a lado nenhum, que nunca lhe faz surpresas, que nunca a leva ao cinema e etc...

Por isso digo, tal como o Natal, que é quando o homem (e a mulher quiserem) também o dia dos namorados deve ser quando nós quisermos. E todos os dias são bons para namorar, ir dar um passeio, surpreender a cara metade...

Namorem, namorem muito, mas não se cinjam a uma data do calendário :)


Bafta 2017

Era um de cada por favor:







domingo, 12 de fevereiro de 2017

Terminal 4450


Quem mora pelos lados do Porto, mais concretamente Matosinhos, de certeza que já ouviu falar no restaurante Terminal 4450 em Leça da Palmeira. 
Eu já tinha ouvido comentários super positivos acerca do espaço, da comida e do serviço em geral, mas confesso que não sendo eu a pessoa que mais adora carne estava reticiente em experimentar. (sim, só servem pratos de carne).

Até que ontem, surgiu a oportunidade de lá ir experimentar e dizer de minha justiça.
Em primeiro lugar, o espaço é lindíssimo. Mesmo! Já para não falar da vista.
Depois, o atendimento é muito bom, com isto digo que é simpático, prestável, eficiente e atento. Os funcionários estão bem dispostos, OS funcionários são extremamente simpáticos, mas sem o exagero de outros locais por onde passei.

A comida, tenho que dar a mão à palmatória, não sendo eu muito fã de carne, acho que desta vez me rendi,
Conquistaram-me logo nas entradas com umas pipocas maravilhosas, polvilhadas com caril q.b. estavam no ponto, umas azeitonas marinadas e queijo para acompanhar com um pão muito estaladiço. 

No menu não faltam opções de escolha, o que torna tudo mais difícil, mas lá conseguimos decidir. Optamos por provar o Bocado de Francesinha, que tem exatamente o tamanho ideal para mim. Não é daquelas francesinhas gigantes que chego a meio e já um esforço para conseguir chegar ao fim. Estava mesmo muito bom. As batatas então nem se fala. Só mesmo provando.
A costela de boi, que dizem ser dose individual, nós achamos que dá perfeitamente para duas pessoas, até porque chega à mesa com dois acompanhamentos `escolha, o que dá para ficarmos bem satisfeitos. O sabor? Acho que agora já sou fã de carne, só por causa desta costela. Traz um molho de mel e mostarda que ainda melhora a coisa, se é que isso é possível.

Se isto já não fosse suficiente, chegamos ás sobremesas. E aqui eu já sabia o que queria. Acho que a minha expectativa estava toda na sobremesa: petit gateau de abóbora com gelado de queijo da serra. E só por causa disto, era menina para lá ir todas as semanas. Foi dos melhores doces que já provei, e não, não estou a exagerar.
Experimentem e digam se eu não tenho razão.















Terminal 4450 Menu, Reviews, Photos, Location and Info - Zomato

sábado, 11 de fevereiro de 2017

sexta-feira, 10 de fevereiro de 2017

Mama bella


Na quarta feira foi dia de almoço no mama bella. Um restaurante italiano muito castiço em Leça da Palmeira. A decoração é muito colorida e divertida e a comida é divinal. Pelo menos para mim que sou super fã de pizzas, massas e sangria. O atendimento é mesmo como eu gosto. Simpático, atento e descontraído.

Eu, que adoro massas, neste restaurante não consigo resistir ás pizzas, mas garanto que as massas e a lasanha valem muito a pena.

Desta vez não houve sangria para ninguém, porque houve uma tarde de trabalho depois, mas também é um must. Aconselho provarem também a panacotta e o limoncelo caseiro e muito fresquinho.

É um local que eu frequento várias vezes e nunca me canso.


O menu 
O pão de alho, que é uma maravilha. Só é pena ser tão pequenino

Menu de almoço

                                               
A pizza. Não substimem o tamanho. É mesmo muito boa :)




Mamma Bella Menu, Reviews, Photos, Location and Info - Zomato

quinta-feira, 9 de fevereiro de 2017

A Prancha



É o exercício que eu mais gosto e mais detesto.
Adoro porque os benefícios para perda de gordura e tonificação abdominal e lombar são realmente muitos e eficazes. Detesto porque dói. Dói e cansa muito. E eu sou preguiçosa.
A ideia é ir começando a fazer durante 30 segundos, depois aumentar para 60 segundos, depois para 90 segundos e por aí adiante.
Eu comecei esta semana e quero ver se realmente os resultados compensam este sofrimento todo.

quarta-feira, 8 de fevereiro de 2017

Dizer que não

Mantra de hoje e dos próximos dias: Aprende a dizer que não! Aprende a dizer que não! Aprende a dizer que não! Aprende a dizer que não! Aprende a dizer que não! Aprende a dizer que não! Aprende a dizer que não! Aprende a dizer que não! Aprende a dizer que não !Aprende a dizer que não! Aprende a dizer que não! Aprende a dizer que não! Aprende a dizer que não! Aprende a dizer que não! Xiça que sou muito burra ás vezes!!

terça-feira, 7 de fevereiro de 2017

E o casamento?



Tanta coisa, tantas ideias a borbulhar na minha cabeça. 
Quero tudo e ao mesmo tempo já não sei se quero. 
Gosto de tudo!!!
Tenho passado horas no pinterest a procurar ideias para a decoração, para o bolo, para o ambiente que quero criar. 
Só sei que quero estilo boho a combinar com o meu vestido :)



Lion

Finalmente tive oportunidade de ver o filme "Lion". 
Já tinha lido algumas criticas positivas acerca dele e estava bastante curiosa.O facto do Dev Patel ser o protagonista também me cativava. Adorei vê-lo no "Slumdog Millionaire" e confesso que a atmosfera indiana me apaixona, pelo que para mim se impunha ver este filme.

As minhas expectativas não saíram defraudadas. É um filme muito intenso, dramático e em muitos momentos pesado, mas muito bonito também. A busca pela identidade e pelo sentimento de pertença, o apelo pela família, pelas raízes estão super vincadas e o sentimento que se vive entranha-se na pele.
Para mim o que me mais me marcou é o facto de ser uma história baseada em factos verídicos. Fico emocionada ao pensar no sofrimento daquela criança, do medo, da perda daquela mãe. 

Depois de sermos mães o medo está sempre presente em quase todos os pensamentos e por variados motivos. Este para mim é o mais assustador, mais arrepiante de todos. O que fazer quando se perde um filho? Como se vive depois? Ou melhor, como se sobrevive?

domingo, 5 de fevereiro de 2017

Bolo de chocolate

Ontem foi dia de jantarada cá em casa, pelo que entre outras coisas estive encarregue de fazer um bolinho. Gulosos que todos somos, resolvi fazer um bolo de chocolate. 
Chocolate todos gostam, nunca é demais e este  em particular enche-me as medidas.
É uma daquelas receitas que vão passando de geração em geração, da avó para a mãe e da mãe para a filha, daquelas que se encontram nos cadernos escritos à mão não se sabe muito bem por quem.
Cá vai a receita para quem se quiser aventurar. 
Aviso já que para além de delicioso é super fácil.

Juntar:

  • 4ovos
  • 2 chávenas de açúcar
  • 200g de chocolate em barra derretido
  • 2 chávenas de farinha
  • meia chávena de óleo
  • 1 chávena de água a ferver
Batem-se os ingredientes um a um e vai ao forno  a 200º em forma untada com manteiga, mais ou menos 30 min. Façam o teste do palito.
Normalmente as formas vão ao forno polvilhadas com farinha, eu quando faço bolos de chocolate gosto de polvilhá-las com chocolate em pó. ( Mais chocolate!!)

Assim como está, o bolo já é de bradar aos céus de bom, mas ontem resolvi ser ainda mais gulosa e fiz cobertura :)
derreti uma barra de chocolate com um pacote de natas e depois do bolo desenformado cobri-o.





Não sou expert a tirar fotos portanto perdoem a má qualidade, mas aqui o que interessa é mesmo que o bolo é muito bom. Experimentem :)
Bom Domingo. 


quinta-feira, 2 de fevereiro de 2017

Mas anda tudo doido?

Quando li isto pensei que fosse uma brincadeira, mas o certo é que por estes lados ninguém fala de outra coisa. Eu até sou portista e gosto muito do meu clube, mas sei distinguir o trigo do joio e acho isto uma grande patetice. Aliás até gosto muito do Vítor Baía, não é por falta de estima pelo sr. só acho que há coisas que não devem ser misturadas.
Só espero que a tal sondagem resulte em não ou daqui a nada temos o Jesus a candidatar-se a primeiro ministro.

quarta-feira, 1 de fevereiro de 2017

Não me importava nada de ter

Não sendo eu a maior fã de sapatilhas e calçado desportivo em geral, pus os olhos nestas sapatilhas da Adidas e fiquei perdida de amores. Era uma ou outra e ficava feliz.






Músicas

Como se escolhe músicas para um casamento civil quando a  noiva gosta de Rock e o noivo Musica Electrónica? Que 31 vai por aqui. Ainda ...