Assoberbada

A minha filhota passa os dias em casa da avó enquanto eu estou a trabalhar. 
Vou buscá-la no final do dia e voltámos as duas para casa mais ou menos à hora de jantar. 
São raras as vezes em que tenho tempo de ir almoçar a casa, não que more muito longe do meu local de trabalho, mas porque ás vezes tenho tanto que fazer que prefiro comer qualquer coisa por lá e pronto. Não perco tempo com as deslocações e termino mais coisas.

Quando sei que posso de facto ir almoçar a casa começo logo a fantasiar uma série de coisas para fazer que passam por tudo menos comer. Almoçar claro que sim, mas penso caramba vou é aproveitar para comer uma coisa qualquer refastelada no sofá. 
Vou chegar a casa, esticar as pernas, pôr duas almofadas debaixo dos pés, puxar séries para trás e aproveitar aquele bocadinho só meu. Fecho os olhos um bocadinho só para descansar e recuperar energias.

Só que a coisa nunca se concretiza. Faço isso sim. Mas a meio olho para o chão e vejo 500 milhões de migalhas de bolachas no chão, peluches e brinquedos amontoados e espalhados, o cesto de roupa cheio a transbordar e à espera de ser lavada, loiça do jantar e do pequeno almoço para lavar e eu deitada no sofá começo a sentir um formigueiro tal que não descanso enquanto não arrumo aquela treta toda.
Quando dou por mim já está na hora de regressar ao trabalho, engulo qualquer coisa à pressa para não me atrasar e o meu momento zen lá se foi.

Antes de ser mãe dizia muitas vezes que estava cansada, muito cansada e precisava de férias. Agora penso...estava cansada de quê afinal?

Comentários

  1. eheh temos sempre alguma coisa para fazer, a verdade é essa :p

    ResponderEliminar
  2. É mesmo! Agora há sempre o que fazer em casa! Não sei de que estava cansada antes da cachopa nascer!

    ResponderEliminar
  3. Hehehehehe ... Pois também me faço a mesma pergunta! Agora chego ao fim do dia cansada, mas faço o dobro ou o triplo do que fazia antes de ser mãe. Tenho a sensação de que aproveito melhor o tempo.
    Beijinho

    ResponderEliminar
  4. Eu adorei como acabaste o post. Ahaha
    Nós dizemos sempre que estamos cansados até um dia que estamos que nem podemos e pensamos exactamente o que escreveste.
    kiss na cheek

    ResponderEliminar
  5. Boa tarde, imagino que esteja mesmo cansada, se eu me canso quando chego a casa em escolher o lugar do sofá para me sentar, pegar no comando da televisão, procurar um canal para ver, sinto que é um cansaço e uma chatice terrível, calculo o seu, que depois de sair do trabalho ainda trabalhar em casa, tratar da sua filha com todo amor, é compensatório.
    AG

    ResponderEliminar
  6. Não deve ser fácil mas, como consegues, és mesmo uma super mulher. Parabéns!

    ResponderEliminar
  7. Mulher, mãe, trabalhadora e doméstica. Ai se me lembro! E ainda sou tudo menos trabalhadora (por conta de outrém)
    E não acaba o tormento
    Kis :=}

    ResponderEliminar
  8. Não deve ser fácil mas tenho a certeza que consegues! x

    E. ♥ Meet me for Breakfast

    ResponderEliminar
  9. É isso que me assusta, eu já ando sempre cansada e sem tempo para nada como vai ser quando tiver filhos? Uma colega minha disse-me que depois aprendemos a gerir o tempo de outra forma e que tudo se faz na mesma! :) Beijinhos
    --
    O diário da Inês | Facebook | Instagram

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Ah sim, as coisas fazem-se na mesma sim e com outro sabor :)
      Beijinho

      Eliminar
  10. É um facto. Eu rio-me só de pensar no 'cansaço' que eu sentia quando apenas estudava.

    ResponderEliminar
  11. Acredito tanto que deve ser mesmo assim. Sem filhos, ainda, digo tantas vezes que estou cansada mas nem quero imaginar quando uma pessoínha fizer da minha casa um mundo só seu. Mas vale a pena não é?
    Adorei o blog =)

    ResponderEliminar
  12. Uma pessoa idealiza todo esse momento de relaxamento, até que é confrontada com as mil tarefas para fazer em simultâneo :o

    Beijinhos*

    ResponderEliminar
  13. não assustes a malta que ainda não é mãe :p

    ResponderEliminar
  14. Todos os dias idealizo esses momentos de descanso e acabo por nunca tê-los! Este post podia ter perfeitamente sido escrito por mim :)

    ResponderEliminar
  15. Quase todo este post podia ser escrito por mim. Tal e qual. Só que com a diferença que não venho almoçar a casa porque não tenho hora de almoço, mas de facto uma pessoa até queria descansa por vezes mas depois a consciência manda tocar aquele alarme chato e uma pessoa não consegue aproveitar os (raros) momentos em que poderia estar em modo zen.
    Sim, eu também dantes me queixava do cansaço... agora pergunto-me como é que tal era possível!

    ResponderEliminar

Enviar um comentário

Mensagens populares