domingo, 30 de abril de 2017

O jogo baleia azul e o medo


Não vou dissertar acerca do jogo poque penso que todos nós já lemos acerca dele e já sabemos do que se trata...mas tenho medo. Muito medo!


A minha filha ainda é bebé e claro que neste momento não corre este perigo, mas quando for uma adolescente espero que tenha o discernimento para perceber que não pode e não deve entrar neste tipo de jogos, neste tipo de manipulações.

Ao ler noticias sobre este assunto, para além do medo em si, assustam-me os comentários que vou lendo. Que estas crianças e adolescentes deviam levar porrada, que os pais são irresponsáveis, que os miúdos são burros, que Darwing deve estar orgulhoso porque isto é apenas uma forma de seleção natural!!!???

Isto só mostra a incompreensão que ainda existe para doenças sérias como a depressão, a ansiedade e situações traumáticas como o bullying. Estes miúdos precisam de ajuda, precisam muitas vezes de uma palavra de compreensão, de ajuda, de carinho, de empatia. Para alinharem neste tipo de jogos é porque algo se passa e não deve ser encarado de ânimo leve.

Não tenho a pretensão de ser a melhor amiga da minha filha, mas espero que um dia, se ela  for sujeita a algum tipo de chantagem ou de manipulação deste ou de outro tipo, que saiba que em casa tem um pai e uma mãe a quem pode recorrer para pedir ajuda, para conversar e para desabafar.

Que mundo é este? Quem são estas pessoas que criam este tipo de situações? Que se deliciam com a infelicidade e com o desastre dos outros? Tenho medo, tenho muito medo e peço ao universo, a Deus, ás estrelas...seja lá quem for que nunca nenhum filho meu tenha que passar por uma situação de aflição, de bullying, de chantagem. 

5 comentários:

  1. Eu não consigo compreender o que vai na cabeça destas pessoas.

    ResponderEliminar
  2. As pessoas são tão estúpidas... há que criticar os anormais doentios que criam este tipo de jogos, os "mentores" deste jogo, que desafiam estes miúdos perturbados a fazerem coisas inimagináveis. Criticar, julgar e castigar os criadores e não os miúdos! Estes não têm culpa... precisam de ajuda. Também são coisas que me assustam bastante.

    ResponderEliminar
  3. Nunca hei-de perceber a cabeça destas pessoas :/

    ResponderEliminar
  4. Eu nem sei como alguém foi capaz de criar este jogo, mas sou sincera, não percebo como há quem alinhe.
    O bullying sempre existiu, apesar de eu achar que agora está mais violento, depressões e ansiedades, penso que é, nos mais novos, uma moda, por um lado, que justifica tudo e mais alguma coisa, idem. Mas agora existe uma necessidade de mostrar ou de se fazer ver, que não entendo nem sei explicar.
    Contra mim falo, que não sou adolescente, mas sofro de ataques de panico.

    Não é estar do lado de ninguém, que não estou e nem filhos tenho, nem estou a cuspir para o ar, mas se tivesse um filho que me dissesse isto do jogo ou que eu desconfiasse, nem sei... Acho que ainda apanhava por sequer ter pensado nisso...

    Beijocas

    ResponderEliminar
  5. Pessoas maldosas e sem escrúpulos! Não consigo mesmo perceber :(

    ResponderEliminar

Nem tudo é mau

No último post falei que a minha pestinha é uma bebé dificil e que ás vezes apetece-me fugir. Mas nem tudo é mau. Há uma coisa que a mi...