Ser mãe

Ser mãe é ter medo,

Medo que ela se engasgue com alguma coisa, medo que ela caia, medo de descer escadas com ela ao colo, medo de andar de carro com ela (não medo de mim, mas medo dos outros) medo que ela se magoe seja lá com o que for, medo das doenças...
Tenho medo da distância, medo que ela não goste de mim, medo de falhar, medo que ela me odeie, medo de não saber educá-la, medo de um dia perder as estribeiras com ela...
Tenho medo de ficar doente e não poder acompanhar o seu crescimento...

Ser mãe é aprender a viver com medo, é ter sempre fé que tudo vai correr bem, é tentar fazer o melhor que pode e que sabe com toda a coragem e amor infinito que tem no coração.

Comentários

  1. Estão aí umas verdades.
    Bom domingo!

    Isabel Sá
    Brilhos da Moda

    ResponderEliminar
  2. Isso é amor aos filhos. Eu também tenho medo e ainda nem grávida estou eheheh

    ResponderEliminar
  3. Medo porque não podemos controlar tudo, mas sempre com a certeza de que fazemos o melhor, o que sabemos e o que podemos, com imenso amor.
    Beijinho

    ResponderEliminar
  4. O medo faz parte quando as pessoas nos são tanto. Não sou mãe, mas revejo um pouco nestas palavras por causa do meu afilhado

    r: Eu é que agradeço :)

    ResponderEliminar
  5. Tão verdade, esse medo apoderou-se da minha vida imediatamente quando fui mãe, compreendo bem. Faz parte!

    ResponderEliminar
  6. No início, quando fui mãe pela primeira vez com tão pouca experiência no que diz respeito a bebés, o medo foi a palavra de ordem. E percebi aos pouquinhos, que me estava a "matar" por dentro com tanto medo e que nem conseguia ser mãe em condições. Ainda hoje tenho alguns medos, mas tento lembrar-me do quanto os medos me "amarravam". Mas não é fácil uma pessoa desligar-se. Os perigos estão ao virar da esquina.

    ResponderEliminar

Enviar um comentário

Mensagens populares